quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Locais - O Palácio de Lavadia




O Palácio de Livadia era o refúgio de Verão do czar Nicolau II e da sua família. Localiza-se em Livadia, Crimeia no sul da Ucrânia. Foi lá que se realizou a Conferência de Yalta em 1945, altura em que o Presidente Franklin Delano Roosevelt e outros membros da comitiva americana ficaram instalados nos seus aposentos. Hoje em dia o Palácio é um museu, mas serve também como um importante centro político para encontros internacionais realizados na Ucrânia.

fachada oposta do palácio

Antigamente o palácio pertencia à família Potocki, mas tornou-se a residência de Verão da Família Imperial Russa por volta de 1860 quando o arquitecto Ippolito Monighetti lhe acrescentou um palácio maior, outro mais pequeno e ainda uma igreja. A residência era frequentada frequentemente por Alexandre II e pelo seu filho Alexandre III que acabou mesmo por morrer no palácio mais pequeno. Foi talvez pela desagradável recordação da morte do seu pai que Nicolau II destruiu dois dos palácios para tornar tudo numa única estrutura.

igreja do palácio (à esquerda)

Em 1909, Nicolau e a sua esposa viajaram pela Itália e ficaram encantados com os palácios de estilo renascentista mostrados pelo rei Victor Emanuel III. Quando regressaram, contrataram o arquitecto mais famoso de Yalta, Nikolai Krasnov, para começar os novos planos para o palácio. Segundo os diários do czar, a renovação do palácio foi muito discutida entre a família real e foi decidido que todas as quatro fachadas do palácio deveriam ser diferentes. Os trabalhos de renovação no palácio duraram 17 meses e a inauguração aconteceu no dia 11 de Setembro de 1911. Em Novembro desse mesmo ano, a Grã-Duquesa Olga celebrou aí o seu 16º aniversário.

dois pormenores do pátio italiano do palácio de Lavadia

Após a execução dos Romanov, o palácio chegou a servir de manicómio, e agora é um dos museus mais visitados da Ucrânia. A maioria dos artefactos históricos foi perdida, mas tudo o que foi recuperado pode ser visto por uma pequena taxa. Em Agosto de 2007, o palácio foi reconhecido como um “marco da História Moderna” pelo projecto “Sete Maravilhas da Ucrânia”.

sala de recepção principal onde foi realizada a conferência de Yalta

O Palácio de Livadia foi construido com granite branco da Crimeia em estilo Neo-renascentista. O edifício contém uma varanda principal feita com mármore italiano, um espaçoso pátio de estilo árabe, um pátio italiano, uma torre Florentina e janelas ornamentadas de estilo Bramantesco. Uma galeria liga o palácio com uma igreja de estilo Neo-bizantino construída em 1866.

sala de jantar particular

O palácio tem 116 divisões, cujos interiores estão mobilados em diferentes estilos. Existe um vestíbulo de estilo pompeano, uma sala de recreação de estilo inglês, uma sala de jantar neo-barroca e um escritório de estilo Jacob de madeira que despertava uma especial admiração a Nicolau II.

escritório de Nicolau II

Outras divisões:

biblioteca da czarina


dois pormenores da sala de estudo

sala de recepção de Nicolau II e Alexandra

sala de espera

pormenor do quarto imperial

pátio árabe


entrada principal

vista da varanda principal

pormenor do parque

Sem comentários:

Enviar um comentário